Pesquisar este blog

Loading...

segunda-feira, 27 de junho de 2011

EXU COBRA

O Guardião Cobra é uma entidade pouco conhecida, trabalha sob as ordens do Exú das Matas, portanto, é um Exú trabalhador e chefe de bando.

O Exú Cobra tem sua atuação nas matas, cemitérios, desertos, vales, montanhas, locais abandonados, rios, mares, lagos, campos, pedreiras, ...

Sua apresentação astral é a cabeça em forma de cobra. Trabalha muito com cobras, sendo as preferidas, víbora e coral. Mas ele aceita qualquer uma, já viu-se o Exú Cobra fazendo defumação com cobras já secas.

Tem uma característica de após se incorporar se arrastar um pouco no chão e depois ficar em pé, ereto.

7 ENCRUZILHADA

(Gaab) - Guardião Sete Encruzilhadas, atua rompendo barreiras e obstáculos de toda e qualquer ordem, segundo o merecimento daqueles que os procuram com problemas, e mesmo movimentando o Karma, rumo ao progresso espiritual da Humanidade, e agindo tanto na evolução moral quanto influenciando diretamente através de egregora positivas, o mental dos grandes pesquisadores, no campo da ciência, medicina e outros..., Abrindo caminhos fechados no âmbito material ou astral. Cortando demandas e ações de contundência sobre o corpo Astral de pessoas que foram prejudicadas por espíritos “mandados” a fazer mal. Esta legião trabalha abrandando a ira dos seres Humanos promovendo-lhes paciência, agindo sobre o mental, trazendo a fortaleza do espírito sobre a matéria. Atuam na origem (no branco Oxalá), e na dissipação da matéria.

ROSA NEGRA

A Pombagira Rosa Negra pertence à falange de Dona Rosa Caveira. Contou-me que sua última encarnação foi uma escrava em uma fazenda na Bahia. Adotou o nome Rosa por pertencer à falange de Rosa Caveira, e Negra, devido a sua última encarnação, como escrava, numa alusão à sua pele. Existem muitas Pombagiras Guardiãs, que se apresentam como mulheres negras. Como bela negra que era, sofreu muito com os abusos sexuais por parte de seu senhor e feitores. Para vingar-se, utilizava a magia negra contra o seus agressores. Morreu aos 28 anos, vítima de doença venérea. O desencarne, aliviou o sofrimento da carne, mas não o da alma. Dona Rosa Negra hoje, arrependida, dos males que causou com seus feitiços, trabalha para sua evolução como Pombagira na Falange de Dona Rosa Caveira. Não se interessa muito pelos romances, atua nos casos de proteção contra contra magos negros. Não recebe oferendas, pois age somente com o mando e permissão de Dona Rosa Caveira. Dona Rosa Negra se encontra hoje em paz, buscando evoluir cada vez mais.

GIRA DO CEMITERIO

Esta bela entidade que faz parte do povo das almas é uma das pomba-giras mais lindas quando esta incorporada, e é muito requisitada para trabalhos de amor e separações... Como é uma Pomba-gira de pura sedução esta sempre buscando companhias, por isto não é raro pessoas sentir e ver sua presença em cemitérios e calçadas próximas em noites de lua cheia, principalmente homens. E uma das giras mais próximas do mundo terreno e adora trabalhar para ambos os sexos. Sua arte é a sedução... e esta sempre mostrando seus poderes tanto no mundo astral como quando esta trabalhando em nossos terreiros. Adora receber suas oferendas e pedidos nos portões e nos cruzeiros de cemitério... não pode faltar rosas vermelhas, licor, champanhes roses, perfumes e adereços... Nunca se surpreenda com esta entidade e tenha certeza dos seus pedidos, porque pomba-gira do cemitério, trabalha para todos lados e quando ela promete... ela cumpre! O lema dela é" Faça a sua parte ... que eu faço a minha" "Ela é rainha na sua morada... na sua morada ela é poder e fé! Ela é a dona do cemitério ... ela é o exu mulher..."

GIRA DAS ALMAS

(Rusalkis) - Possui rara beleza, exala sensualidade, transmite segurança aqueles que por ela procura; é forte e determinada quando assume um trabalho, não deixando nada para depois; personalidade marcante, severa e disciplinadora, ao mesmo tempo em que é terna e doce. Sobressai muito seu lado passional, emocional, sentindo muito quando vê alguém aos frangalhos por causa de um relacionamento com desfeche ruim, auxiliando a pessoa de maneira inconfundível e decisiva neste aspecto.

Auxilia também de maneira marcante as mulheres que recorrem a ela com problemas de fertilidade ou de ordem sexual.

Da grande valor ao conceito família. Esta entidade recebe seus trabalhos, despachos ou oferendas tanto no Cruzeiro do cemitério, quanto nas encruzilhadas, isto dependera exclusivamente dela. Trabalha com os Exus da Linha da Almas, ela é uma das companheiras do Exu Tranca Ruas das Almas.

Apresenta-se esta entidade, sob a forma de uma linda mulher de estatura mediana-alta, magra, de cabelos e olhos negros, sendo seus cabelos compridos e muito lisos, enrolando apenas em suas extremidades.

Ela é também muito temperamental, procura saber tudo sobre o consulente antes de esboçar qualquer tipo de ajuda, contudo uma vez que entra em trabalho, ela não sai enquanto tudo não estiver direitinho, como ela diz: "Formoso"; ela vai ate o fim, e nunca ouvi se quer uma reclamação, o que ela promete cumpre e pontualmente.

EXU 7 PORTAS

(Surgat) - A apresentação deste Exu é na forma de uma nuvem enfumaçada, de cor cinza-preto. É o encarregado de vigiar tudo o que está fechado à chave. Quando solicitado, é capaz de abrir qualquer fechadura ou segredo de cofre.

É o décimo terceiro comandado de Exu Calunga. Quem tem esse Exu tem o caboclo índio Aimoré. Na linha paralela de Oxalá

EXU 7 PEDRAS

(Humots) - É o décimo comandado do Exu Calunga. É um Agente Mágico Universal, pois a ele deve ser solicitado toda a espécie de ajuda sobre a Alta Magia, encarregado que é dos "Taros Adivinhatórios", dos "Signos Zodiacais" e "Calendários Esotéricos". Tem este Exu o poder de transmitir, quando solicitado, todo e qualquer assunto referente à sua jurisdição.

EXU 7 TREVAS

No Astral Inferior, Umbral, Meio e etc..., existem 7 planos vibratórios negativos, que são cuidados, organizados, administrados, policiados e guardados pelas entidades de esquerda da umbanda. Cada um desses planos corresponde a uma vibração negativa de um dos 7 sentidos negativos que se cultuados pelo ser humano, fatalmente o conduz, após seu desencarne, a uma dessas faixas de sofrimento.

Em cada um desses planos/lugares, existem os Exús responsáveis pela manutenção dele, bem como possuem a incumbência de para lá arrastarem (esse é o termo), os desencarnados que falham no cultivo da virtude positiva contrária à esse plano.

Cada Exú corresponde a um desses Planos e tem apenas compromisso com os seus Chefes desse Plano especifico.

Cada Chefe de cada Plano obedece ao Maioral. No caso do Exú Sete Trevas, ele é subordinado direto do Maioral, com a incumbência, autoridade e permissão de poder adentrar em qualquer um desses planos sem ser molestado, desde que obedeça as regras de cada Plano e de antemão, peca licença ao Chefe de cada lugar para adentrar.

Exú Sete Trevas não é superior aos Chefes de cada um desse 7 Planos vibratórios negativos.

A vestimenta astral desse Exú é totalmente de couro grosso avermelhado tendo como símbolo desenhado em seu peito esquerdo, uma cruz invertida na cor amarelo ouro e no centro dessa cruz, o desenho de um crânio.

Carrega em seu cinto e peito, armas e apetrechos de escolta de preso, pois uma das suas funções é a de transportar sofredor de um Plano para outro (por ordem de quem e para que ou quem, isso já é outro mistério que cerca essa entidade).

Quando da incorporação, tem como característica "arrebentar" o médium de dentro para fora, como se fosse um corpo maior ocupando um espaço menor.

É muito grande a sua forma astral, daí a impressão do médium incorporado apresentar estar maior do que é. Bebe e come de tudo que lhe derem. Fuma todos os tipos de charutos escuros que lhe derem, preferindo os maiores.

EXU 7 CRUZES

Mersilde - 9º comandado da falange de Exu Calunga, o Guardião Sete Cruzes é o responsável pelo zelo na entrada dos cemitérios, e para receber todos os espíritos dos suicidas e facínoras que aqui na terra cometeram, as maiores atrocidades. A esse Exu é entregue os pedidos, quando se deseja que alguma pessoa tenha morte violenta. Embora o Exu das 7 Cruzes não faça parte integrante da Linha de Omulu, o mesmo tem o poder de transportar os espíritos ou pessoas para onde quizer. O mesmo foi o responsável pelos sofrimentos dos últimos momentos de Nosso Senhor Jesus Cristo.

Atua nas curas e limpezas das energias dos kiumbas. Suas manifestações se dão com a quebra dos galhos das árvores. Sua oferendas consistem em frutas doces.

A ele foi designado o trabalho nas matas, sendo esta a razão do seu nome nos diversos cultos da Magia Negra. A este Exu solicita-se a proteção, quando uma pessoa amada foi para longe e desejamos a sua volta.

Pambujila jila vua, kiambote!

Mpambu em kikongo significa: Encruzilhada.

Njila em kikongo significa: Caminho.

Pambujila, que pode ser traduzido como “Aquele que conhece o caminho mais curto”, são os mensageiros que transitam entre o natural e o sobrenatural, trazendo aos homens os desígnios dosMikisi e levando a Eles as suplicas e as oferendas dos homens. Receberam por este trabalho o título de Aluvaiá (mensageiro). São sempre e em qualquer ocasião os primeiros a serem chamados, a receberem oferendas, etc. São os nossos Guardiões (Nlundi), que abrem e fecham as “porteiras” de nossa aura, permitindo ou não a penetração das energias com as quais lidamos e convivemos durante toda a nossa vida. Se nosso contato com Eles for fraco, menos força Eles têm para nos defender. A cada vez que levamos nosso pensamento a Eles, acendemos uma vela oferecendo-a a Eles, uma garrafa de cachaça entregue na encruzilhada, uma rosa vermelha, seja o que for, estamos nos ligando a Eles e, portanto, fortalecendo nossa ligação. Ao acordarmos devemos agradecer a Nzambi Ampungu pela noite e pela nova oportunidade de mais um dia e saudarmos o nosso Guardião solicitando que possamos contar com Ele por mais um dia.

Muitos querem igualar os Pambujila ao diabo, por total ignorância, colocando Neles chifres e rabos. Diabo vem da palavradiavolo que significa “o mentiroso” e a palavra demônio é formada por demos, que significa povo (democracia, demonstração, etc.) e ions, que significa ligação; portanto podemos afirmar que Pambujila é um demônio e que o diabo nem demônio é. Em kikongo a palavra que os padres que montaram o dicionário de português-kikongo e kikongo-português, encontraram para diabo foi “temba” que, ao pé da letra, significa “o mal dentro de nós”, pois nossos Ancestrais, assim como nós, não acreditamos em um ser extracorpóreo que nos force ou nos conduza a praticar o mal contra a nossa vontade. O mal e o bem residem dentro de nós mesmos.

A palavra tentação vem de tester (grego) que significa teste ou prova. Quando caímos em tentação, na realidade estamos enfrentando um teste ou uma prova, que só nossa consciência, pelo livre arbítrio, poderá suplantar ou não, deixando-nos, sempre, responsáveis pela conseqüência de nossos atos, pensamentos e palavras.

As cores reservadas a eles são a preta e a vermelha juntas. Embora respondam a qualquer hora, dia e lugar, nós Lhes reservamos as segundas-feiras.