Pesquisar este blog

Loading...

segunda-feira, 24 de agosto de 2009

egum ou kiumba




Na maior parte das vezes a dificuldade de entendimento se dá pela obsessão (quase um trocadilho) que muitos têm em renegar os significados das palavras, apenas porque são em outro idioma. Querem de qualquer modo dar a elas significados próprios, em nosso idioma ou em suas concepções.
Egum é um termo africano que significa osso, por extensão todos que os têm, ou seja, os seres humanos que os tiveram, seres desencarnados hoje, sob qualquer nível de evolução espiritual, que militam de alguma forma ou qualidade na vida espiritual, influenciando-nos ou não. (Óbvio que existem os animais vertebrados, mas que não se incluem na questão).
Kiumba é um ser desencarnado que, em função de sua baixa evolução espiritual momentânea, ignora ou se compraz com o mal que pratica a outros, inclusive nós, seres encarnados. Ora, vemos imediatamente nas definições de Egum e Kiumba duas coisas que demonstram aproximação e distância respectivamente: O fato de serem seres desencarnados e o nível de evolução espiritual.
Kiumba é um ser desencarnado? Sim! Portanto, é um Egum. Todos os Eguns tem o mesmo nível evolutivo espiritual? Não! Uns o tem mais elevado outros menos. Qual o nível de evolução de um Kiumba? É difícil defini-los numericamente, mas relativamente podemos dizer que é muito baixo. Neste caso podemos afirmar que: TODO KIUMBA É UM EGUM, MAS NEM TODO EGUM É UM KIUMBA.

fonte Robson Nogueira