Pesquisar este blog

Loading...

sexta-feira, 14 de agosto de 2009

tridente, a força de exu

Em um dialogo na comunidade EXUBANDEIRO no Orkut, encontrei esta pérola sobre a simbologia do tridente de Exu. Os créditos são do nosso irmão Daniel Emilio do ES. Enbora aja inúmeras interpretações acerca deste aparato, a narrativa segue aqui, pois a achei deveras importante, na simplicidade das palavras, nos brindou com sua sabedoria e conhecimento:



O tridente é uma simbologia magística do ternário em conjunção com a mãe terra, ou seja representa as três pontas voltadas para cima, buscando alcançar o limiar das alturas e com isso, a evolução espiritual que se faz necessário a todos os seres, quer sejam encarnados, quanto desencarnados, e sendo que a sua base vai a terra, é indicativo que essas entidades (Exus e Pombagiras) estão atreladas a vida mundana da terra e com ela buscam a sabedoria e o equilíbrio necessário para que assim possam crescer materialmente.
O tridente em si mesmo, possui como elementos primordiais o ar (que é associado simbolicamente com o numero 3) devido as suas três pontas voltadas para cima, e ao elemento terra (que é associado simbolicamente pelo numero 4) devido a haste central que tem como base a terra, formando em si mesmo uma ferramenta magisticamente perfeita, pois se somarmos 3+4 teremos a junção do setenário celestial que é o numero 7, simbolizando que as entidades que dela fazem uso, são entidades que mesmo tendo sua base terrena, possuem o desejo de crescimento evolutivo dentro de si mesmas, e que trabalham tanto para o seu aperfeiçoamento próprio, como humano.

Mesmo que estes (os homens) não possam entender as suas atitudes, e portanto, pode até parecer loucura para muitos, em sua fase terrena e kármica de passagem. Mas para Deus e toda a espiritualidade, é de uma sabedoria enorme, portanto, demonstra que mesmo trabalhando de forma contraditória e tão muitas das vezes criticada, Exu sabe muito bem o que esta fazendo, pois como diz meu Exu Marabo, meu compadre e grande amigo, “Exu num da ponto sem nó...”
As duas pontas equidistantes do meio do tridente demonstram duas coisas a saber:
1- Que Exu como agente magico, trabalha como uma entidade meta meta (positiva, negativa e neutra) e seu poder central esta adormecido, e uma vez "acordada", devera ser usada com sabedoria, pois Exu não volta atrás depois de ter aceito um trabalho...
2- Outro fator importante simbolizado nas pontas do tridente é que ele é um senhor que comanda espíritos que obedecem as suas diretrizes, e suas ordens, o Exu mesmo esta encerrado simbolicamente na haste central, e os espíritos que agem sob o seu comando são representados pelas duas outras vértices das pontas do tridente, e este é um dos motivos porque Exu em muitas vezes pede ebós para trabalhar, pois trabalha em conjunto com alguns espíritos que ainda estão em evolução e que se utilizam ainda de elementos terrenos como uma espécie de pagamento pelos serviços prestados...

Quando um tridente é fixado em um assentamento, suas forças se intensificam mais ainda, pois a ele são associados a mais 2 elementos, que são o fogo, que é utilizado no ato de purificação deste tridente na hora de assentar essa energia, e a água, que é implantada através de bebidas alcoólicas que serão aficionadas durante este mesmo processo junto com Axés pertencentes ao Axé do Exu correspondente, que será fixado, então, teremos as energias acumulativas dos 4 elementos da natureza, funcionando em uma ferramenta magisticamente poderosíssima, e que pelo bem da humanidade, devera ser usada com bom senso e sabedoria pelo Exu, seu médium e por todas as pessoas que dele se fazerem utilitárias.


fonte autor rafael silveira